size_590_Homem_usa_o_Google_Glass_o_óculos_do_Google

Os óculos do futuro

02/09/2013

Escrito por: Guilherme Costa

Certamente já ouviste falar nos Google Glass,mas certamente ainda não ouviste falar nos seus concorrentes. Esta é a guerra dos óculos do futuro, onde a nossa visão é capaz de alcançar a hiper-realidade. O clichê.pt dá-te então a conhecer alguns dos rivais do Glass:

 

 

size_590_Mulher_usa_o_Telepathy_óculos_que_concorre_com_o_Google_Glass

O Telepathy (apelidado também de Telepathy One) tem um design semelhante ao Glass, contudo, um pouco mais minimalista e sem cores. Ele conta com um visor, câmara e com fones de ouvido embutidos, o que faz com que os óculos não toquem directamente no rosto do usuário.

O gadget acaba de arrecar US$ 5 milhões e agora, deve entrar em fase de desenvolvimento de aplicativos, que será aberto mas também contará com funcionários próprios. A previsão é que o Telepathy seja lançado também em 2014.

 

 

size_590_O_Recon_Jet_concorrente_do_Google_Glass

Conhecido como o “Glass para atletas”, o Recon Jet, ou apenas “Jet”, já são uns óculos com um visor maior e lentes em wide-screen colorida. O modelo foi projetado para o ar livre e oferece informações sobre o treino do usuário, como velocidade, quilómetros percorridos e GPS.

O aparelho possui compatibilidade com iOS e Android, além de acesso à Internet e possibilidade de envio de SMS. Também é possível conectar o Jet a medidores de frequência cardíaca.

Assim como no Glass, para usar o ligar o Jet é preciso tocar na haste. O gadget pesa 60 gramas.

O preço para o modelo é caro, mas ainda fica abaixo do Glass. Na versão para desenvolvedores, o óculos do Google custava US$ 1.500. Já o Jet sai por US$ 599. Contudo, por enquanto ele está disponível somente nos EUA, Europa, Japão, Austrália e Nova Zelândia.

 

size_590_Mulher_usa_o_Vuzix_M100_concorrente_do_Google_Glass

Apresentado no início do ano na Consumer Electronics Show, os óculos inteligente da Vuzix vão na linha contrária do Glass e não mostram a realidade, mas a reproduz. Isso porque o aparelho mostra somente a tela de um dispositivo Android ou iOS.

Entretanto, o gadget possui alguns pontos altos. O primeiro é que ele possui botões de volume, liga/desliga e selecciona, algo bastante requisitado no Glass. Em segundo lugar o Vuzix permite escolher qual lado você quer posicionar a tela. Por último, ele conta com recursos hands free, como tirar fotos e fazer ligações sem as mãos.

O M100 ainda não tem previsão de chegada ao mercado, contudo, especula-se que ele também seja lançado ano que vem. O preço também não foi divulgado.

 

size_590_O_Epson_Moverio_BT-100_concorrente_do_Google_Glass

O Moverio é, na verdade, mais uma Smart TV independente. Os óculos permitem assistir TV, ver vídeos e navegar pela Internet. Prova disso é a qualidade de som de imagem, garantidos por tecnologia Dolby e tela LCD de 0,52 polegadas que simula um display de 320″.

O controle é feito por um acessório semelhante a um controle remoto e o óculos conta com conexões Wi-Fi e USB. Vale lembrar que o Moverio foi lançado em 2011, isto é, é quase um precursor do Glass.

O Moverio custa US$ 699 e está disponível somente nos EUA, contudo, é possível encontrá-lo aqui no Brasil em sites como o Mercado Livre por aproximadamente R$ 1.400.

 

size_590_O_Epiphany_Eyewear_concorrente_do_Google_Glass

 

O Epiphany Eyewear, da Vergence Labs, talvez sejam os óculos inteligentes com design mais moderno e agradável. Porém, seus recursos são mais limitados.

Ele conta com três modelos (8GB, 16GB e 32GB), câmera HD e conexão com redes sociais. O principal foco do Epiphany são os recursos ópticos, já que você pode usá-lo com lentes de contacto ou de sol. Além disso, a armação é feita em plástico e titânio.

Os óculos estão em fase de pré-venda a partir de US$ 299.

 

Créditos: Exame.br

 

Related posts:

Angry Balloons
Velocidade Warp
Isto é Humanismo

Acerca do Autor

Guilherme Costa

Gosta de fotografia, cinema, literatura e desporto. Começou a escrever desde que o aprendeu a fazer e nunca mais parou. Tirou o curso de Línguas e Relações Internacionais e está a acabar Ciências da Comunicação. É um verdadeiro homem-criança.

Faz um comentário

Tens que ter o log in feito para comentar.